CN

[adrotate group="1"]
Pesquisar

LENÇÓIS: Projeto-Piloto da Corregedoria das Comarcas do Interior recolhe nove mil processos físicos do Fórum da cidade

FOTO: Divulgação/TJBA

Mais de nove mil processos físicos foram recolhidos de Lençóis, na Chapada Diamantina, na primeira edição do projeto da Corregedoria das Comarcas do Interior (CCI), em parceria com a Diretoria de Primeiro Grau (DPG), para a adoção de providências referentes ao recolhimento dos autos em comarcas de entrâncias inicial e intermediária. Na segunda etapa do projeto-piloto, concluída na última sexta-feira (3), foram recolhidas 381 caixas do fórum local. Duas salas inteiras foram desocupadas. 

As atividades começaram na semana de 12 a 16 de dezembro do ano passado, quando o grupo de trabalho criado pela CCI cumpriu a fase inicial. Naquela oportunidade, 3,7 mil processos físicos foram transportados para o Arquivo Central, em Salvador. 

A primeira ação envolveu os servidores Gesiel Santos, Jaime Gomes, Rogério Maia e Orlando dos Santos Filho. Também participaram magistrado e servidores da comarca. “Foi excelente. Ganhamos mais espaço e saúde com a retirada dos processos”, comemorou Pedro Barreto, escrivão das varas crime e cível unificadas. 

A segunda etapa foi iniciada no dia 30 de janeiro, com novo grupo de trabalho. Antes da remessa dos processos para Salvador, os Servidores Gesiel Santos, Renato Trigueiro, Vicente Santos e a Servidora Christiane Gomes aplicaram o protocolo: identificar, preparar e cadastrar todos os autos. 

Desta vez, o foco esteve nos processos criminais e outros processos considerados históricos, com mais de 100 anos, e mais uma boa parte guardada no sótão do prédio. Ao final, 5,5 mil processos físicos a menos no fórum. 

Além de liberar espaços para a prestação de novos serviços, a exemplo da instalação de salas de inclusão digital e de depoimento especial, o recolhimento possibilita a melhor gestão documental, da informação e da memória, e cria ambientes mais salubres e seguros. Todas as ações envolveram a Coordenação de Gestão de Arquivos (Coarq), o Unijud e a unidade de Transportes do Tribunal. 

“Já estamos com etapas programadas para serem realizadas em outras comarcas, cujas necessidades foram identificadas em visitas e inspeções realizadas no ano passado. Vamos continuar apoiando”, avisa o Corregedor das Comarcas do Interior, Desembargador Jatahy Júnior. (Fonte: TJBA)

Compartilhe

POSTS RELACIONADOS

plugins premium WordPress Pular para o conteúdo