CN

[adrotate group="1"]
Pesquisar

Oitava morte por dengue é confirmada na Bahia; vítima era farmacêutica e estava grávida de quatro meses

Oitava vítima da dengue na Bahia era farmacêutica e estava grávida — Foto: Redes sociais

A oitava morte por dengue foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) nesta sexta-feira (1º). A vítima era uma farmacêutica de 29 anos e estava grávida de quatro meses. Gabriela Gomes Santo era moradora de Barra do Choça, no sudoeste da Bahia.

A região é a que mais concentra mortes pela doença. Segundo a Secretaria de Saúde de Barra do Choça, a paciente deu entrada no Hospital Municipal José Maria de Magalhães Neto, em estado grave. Ela recebeu o diagnóstico de dengue grave.

Ainda segundo a secretaria municipal, Gabriela tinha anemia falciforme, o que agravou ainda mais o quadro. A morte dela foi registrada dia 20 de fevereiro, mas a confirmação foi feita nesta sexta-feira. Além de trabalhar como farmacêutica, Gabriela fazia mestrado em Biociências na Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Outras mortes

Mosquito da dengue — Foto: Reprodução/GloboNews

Mosquito da dengue — Foto: Reprodução/GloboNews

Gabriela foi a oitava vítima da dengue no estado em 2024. Dos oito óbitos confirmados, cinco são da região sudoeste. Relembre as outras sete vítimas:

  • Criança de 5 anos, moradora de Jacaraci, no sudoeste da Bahia;
  • Adolescente de 17 anos, moradora de Feira de Santana, a 100 km de Salvador;
  • Idoso de 87 anos, morador de Ibiassucê, no sudoeste da Bahia;
  • Um paciente sem idade confirmada em Jacaraci, no sudoeste da Bahia;
  • Um paciente sem idade confirmada em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia;
  • Um paciente sem idade confirmada em Piripá, no sudoeste da Bahia;
  • Um paciente sem idade confirmada em Irecê, no norte da Bahia.

Número de casos

Testes de dengue — Foto: Reprodução / TV Grande Rio

Testes de dengue — Foto: Reprodução / TV Grande Rio

De acordo com o último boletim divulgado pela Sesab na quinta-feira (28), são 23.458 casos prováveis de dengue no estado. O número contempla o período de 1º de janeiro até 29 de fevereiro de 2024 e é 179% maior em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Atualmente, 64 cidades estão em estado de epidemia. São elas:

  • Adustina
  • América Dourada
  • Anagé
  • Araci
  • Barra do Choça
  • Barra do Mendes
  • Barro Alto
  • Belo Campo
  • Bom Jesus da Lapa
  • Bonito
  • Brejões
  • Brumado
  • Caetité
  • Cafarnaum
  • Campo Formoso
  • Canarana
  • Carinhanha
  • Conceição do Almeida
  • Condeúba
  • Coribe
  • Encruzilhada
  • Feira de Santana
  • Formosa do Rio Preto
  • Ibiassucê
  • Ibicaraí
  • Ibicoara
  • Ibipitanga
  • Ibitiara
  • Igaporã
  • Iramaia
  • Iraquara
  • Irecê
  • Itambé
  • Itapetinga
  • Jacaraci
  • Lajedão
  • Licínio de Almeida
  • Macaúbas
  • Maetinga
  • Manoel Vitorino
  • Maracás
  • Matina
  • Miguel Calmon
  • Morro do Chapéu
  • Mortugaba
  • Mucugê
  • Mulungu do Morro
  • Novo Horizonte
  • Palmas de Monte Alto
  • Piatã
  • Pindaí
  • Piripá
  • Piritiba
  • Planalto
  • Quixabeira
  • Rodelas
  • Santa Maria da Vitória
  • Santa Rita de Cássia
  • Serrinha
  • Serrolândia
  • Tanque Novo
  • Tapiramutá
  • Uruçuca
  • Vitória da Conquista

Com informações do site G1

Compartilhe

POSTS RELACIONADOS

plugins premium WordPress Pular para o conteúdo