CN

Pesquisar

Idoso é detido após instalar câmera para filmar criança de 12 anos no banho em cidade paulista

Um homem de 64 anos foi detido em Santa Bárbara d’Oeste (SP) por instalar uma câmera escondida para filmar a neta de criação no banho. A menina tem 12 anos. A câmera foi encontrada depois de uma denúncia feita pela esposa do suspeito.

O dispositivo foi instalado na tomada do banheiro e foi descoberto pela Guarda Municipal depois que a avó da criança acionou a corporação. Segundo o inspetor da GCM, Cléber Caetano da Silva, a esposa do homem relatou que já vinha percebendo comportamentos suspeitos.

“Já faz um tempo que ela vem percebendo algumas atitudes envolvendo pornografia no celular e no computador do marido. E para acabar com isso, ela danificou o celular do marido, para que não ocorresse mais esse fato”, explicou.

Por conta disso, o homem passou a usar aplicativos de mensagem no mesmo celular que ela. “E hoje, provavelmente esquecendo que era conjunto, ele baixou o vídeo das últimas filmagens da menina e encaminhou pela rede”, explicou Silva.

Com isso, a avó descobriu as filmagens e acionou a Guarda Municipal, que foi até a casa e deteve o suspeito. Familiares prestaram depoimento e confirmaram que ele tinha comportamentos suspeitos ao longo dos 8 anos que faz parte da família.

Câmera de segurança instalada dentro de tomada em banheiro em Santa Bárbara — Foto: Reprodução/EPTV

Câmera de segurança instalada dentro de tomada em banheiro em Santa Bárbara — Foto: Reprodução/EPTV

Segundo a Guarda, ele comprou a câmera pela internet e a suspeita é que o dispositivo já estava instalado há semanas. Com isso, ele pode ter filmado outras crianças da mesma família, além de filhos da esposa dele. Na casa foram apreendidos dois computadores, pen drive, máquina fotográfica e celular. Os aparelhos vão passar por uma perícia da Polícia Civil.

Para a Guarda Municipal, o suspeito confessou que tinha instalado a câmera há um mês. Em entrevista à EPTV, ele também confirmou: “É um ato impensável que eu fiz.” Ele nega, no entanto, ter compartilhado as imagens. O homem prestou depoimento e foi liberado. A Polícia Civil continua investigando o caso.

Com informações do portal G1

Compartilhe

POSTS RELACIONADOS

plugins premium WordPress Pular para o conteúdo